Posts do momento

Paulo Morais: Há editoras que controlam os governantes

0 0  ● API



O Estado está obrigado, por lei, a ter em todas as escolas públicas bancos para troca de livros. E isso não acontece, "porque as editoras, Leya, Porto Editora e Santillana, controlam os governantes, são elas quem decide a política de manuais escolares e os preços", denúncia de Paulo Morais no debate com Marcelo.

ACTUALIZAÇÃO / 30-03-2016
A Porto Editora apresentou uma queixa-crime contra Paulo Morais por “prejuízo ao bom nome e reputação da empresa” ao associar a editora a corrupção e cartelização do mercado de manuais escolares. NOVE MESES DEPOIS: Paulo Morais acusado por ofensa à Porto Editora. – O Ministério Público deduziu acusação contra o ex-candidato à Presidência da República Paulo Morais pelo crime de ofensa à Porto Editora.

Não retiro nada do que disse até hoje e continuarei a falar até que o problema [dos manuais escolares] se resolva. Continuarei a denunciar o cartel dos livros escolares no uso dum direito constitucional: o de liberdade de expressão.
(Paulo Morais)

ACTUALIZAÇÃO / 27-10-2017
O Tribunal Judicial da Comarca do Porto absolveu o político e docente universitário português Paulo Morais em processo interposto pela Porto Editora. É já a 16ª decisão favorável que o líder da Associação Frente Cívica obtém em tribunal em processo por difamação ou injúrias.

MAIS UMA VITÓRIA da LIBERDADE DE EXPRESSÃO!!! Quero partilhar esta vitória com todos os que me têm apoiado e incentivado nesta luta difícil, mas justa e necessária.Um agradecimento muito especial ao meu amigo e defensor em todos os processos, o advogado José Puig Costa. Continuarei, como até aqui, mas com ânimo redobrado, a denunciar os casos de mau uso dos recursos públicos e os abusos cometidos contra os cidadãos. Não desistirei nunca de exprimir a minha opinião no exercício de um direito constitucional que todos temos de defender: o de LIBERDADE DE EXPRESSÃO.
(Paulo Morais)

Partilhe este artigo

Facebook/Portugal Glorioso

127 mil pessoas gostam disto

Anterior
Prev Post
Próximo
Next Post
Comentários-Facebook
0 Comentários-Blogger

0 comentários blogger

Enviar um comentário