«Armando Vara continua à solta. Impunemente» Paulo Morais - Portugal Glorioso
Posts do momento

«Armando Vara continua à solta. Impunemente» Paulo Morais

0 0  ● API
Ainda não esteve preso nem cinco segundos. Até hoje. Já lá vão quatro anos de absoluto desrespeito pelas decisões da Justiça! E a paciência começa esgotar-se.



Armando Vara foi condenado, em 2014, a cinco anos de prisão efectiva. Mas continua à solta. Impunemente. Vara, poderoso e ex-governante, foi condenado à cadeia e a restituir milhões de euros. Mas ainda não cumpriu nem um dia e não devolveu nem um cêntimo. Esteve, há dias, sem vergonha, na Assembleia Geral do BCP, enquanto accionista. Como no jogo de Monopólio, Vara dispõe do cartão 'Você está livre da prisão'. Já lá vão mais de dois anos!

Adenda 22-03-2017

Vai hoje ao Parlamento: senta-se na CABECEIRA DA MESA de uma Comissão Parlamentar. Em vez de ser Preso, vai fazer de Pres(o)idente.

Adenda  9-05-2017

Armando Vara foi condenado, no Processo FACE OCULTA, a cinco anos de PRISÃO EFECTIVA. Mas continua À SOLTA. Ainda não esteve preso nem cinco segundos. Até hoje. Não se entende também que não tenha devolvido à sociedade os activos devidos. Neste processo houve justiça formal. Apenas. Sem prisões, sem ressarcimento económico da sociedade – o que prevalece é a "face (nada) oculta" da justiça nacional: a impunidade. Já lá vão quase três anos de absoluto desrespeito pelas decisões da Justiça! Irão passar cinco anos e, em 2019, quem terá sido capturado, durante cinco anos, terá sido a Justiça. Efectivamente. Vara goza férias. Goza com a Justiça e goza com os portugueses.

Adenda  8-02-2018

ARMANDO VARA continua, à SOLTA, já vamos em 2018. Não foi preso. Nem se sabe quando será. Não devolveu à Sociedade um único Euro, dos activos que nos são devidos. Sem prisões, sem pagamento das compensações devidas à Sociedade – o que prevalece é a IMPUNIDADE. 2014-2018 anos de total e absoluto desrespeito pelas decisões da Justiça! Até quando, Armando Vara? Continuarei a REPETIR ESTE POST até que...se faça justiça.
E a paciência começa esgotar-se.

Paulo de Morais,
Presidente da Frente Cívica

Partilhe este artigo

Facebook/Portugal Glorioso

128 mil pessoas gostam disto

Anterior
Prev Post
Próximo
Next Post
Comentários-Facebook
0 Comentários-Blogger

0 comentários blogger

Enviar um comentário