Portugal Glorioso

Milhões do futebol com amigos de Sócrates

   21.12.14     ● 


Teia de relações na mira do Ministério Público
Carlos Santos Silva pagou 2 milhões de euros para entrar no negócio da compra de direitos de transmissão da liga espanhola. O Ministério Público suspeita que esse dinheiro seja de Sócrates.
Ver Mais ►

"Elite politica de Terceiro Mundo e um povo educado em "voyeurismos"

   20.12.14     ● 

Maria José Morgado faz duras criticas à elite politica portuguesa - completamente vazia e desprovida de valores, e uma opinião publica educada em "voyeurismos".
Ver Mais ►

Algumas das 81 perguntas do Expresso para José Sócrates

       ● 
O Jornal Expresso tentou junto das autoridades judiciais fazer uma entrevista ao ex-primeiro-ministro José Sócrates detido na Cadeia Prisional de Évora. Entretanto, aqui ficam algumas das questões que o jornal lhe pretendia fazer.

Nota-se pelo teor das perguntas que o Expresso não estava a ser nada meigo com o ex-primeiro-ministro.

1 - Que relação tem com Carlos Silva? Ele é o seu melhor amigo?

2 - Disse numa entrevista que fez um empréstimo de 120 mil euros à CGD para poder ir estudar para Paris. Mas ao mesmo tempo, por cima de todas as suas despesas em França, em Lisboa comprou um carro que vale 80 mil euros e contratou um motorista. Como explica esta aparente contradição?

3 - O seu amigo Carlos Santos Silva admitiu ao MP que lhe pagava o motorista em Lisboa, a casa onde ficou alojado em Paris, viagens, férias que passavam juntos e, além disso, que lhe dava dinheiro regularmente, em mão. Milhares de euros de cada vez. Confirma estas informações ou algumas delas está errada?

4 - Porque é que Carlos Santos Silva não lhe transferia o dinheiro para a sua conta?

5 - Esta a querer esconder essas entregas de dinheiro?

6 - Se esse dinheiro lhe foi entregue como empréstimo, tem a noção do valor total que recebeu. Quanto é que deve a Carlos Santos Silva?

12- Sabia que Carlos Santos Silva tinha depositado 23 milhões na Suíça?

15- Carlos Santos Silva contou-lhe que aderiu ao RERT II - Regime fiscal de repatriamento de capitais - em 2010?

16- De quem foi a iniciativa, no seu Governo, de lançar o RERT II nesse ano?

30- Sabia que as empresas do grupo Lena foram as que mais faturaram com as obras do parque escolar, durante o seu segundo governo, com 150 milhões de euros?

31 - Teve algum papel nisso?

33 - Quando começou a receber dinheiro de Santos Silva não achou que isso o iria colocar numa posição suspeita, tendo em conta que o Grupo Lena cresceu exponencialmente nos seus mandatos?

47 - Porque é que não recorreu ao seu Advogado habitual, Daniel Proênça de Carvalho?

As restantes perguntas têm a ver com Octafarmas, negócios do grupo Lena na Venezuela, se sabia que estava a ser investigado, quando é que a família o irá visitar, se está ser bem tratado, e como passa o dia na cadeia, se vê as notícias na TV, porque almoçou com o ex-prcurador-geral da Répulica Pinto Monteiro, etc.
Ver Mais ►

Património de Menezes está a ser investigado

   19.12.14     ● 
video

PJ investiga património de Menezes
A Polícia Judiciária está a realizar buscas na Câmara Municipal de Baião para apreender a escritura da quinta de Luís Filipe Menezes, o ex-autarca de Gaia, que está a ser investigado por branqueamento de capitais.
cmtv
Ver Mais ►

Políticos brincam com o estado social

       ● 
NESTE VIDEO, Medina Carreira refere que o estado tem vivido acima das nossas possibilidades. Ou seja os políticos portugueses, verdadeiros gestores criminosos, conseguem gastar sempre mais do que aquilo que se produz e do que aquilo pagamos de impostos, ou seja, mais do que o que existe para se gastar. Nunca se equilibra a balança. A receita é sempre inferior à despesa e o endividamento é imparável, até se tornar incontornável e insuportável. Critica também a forma como os políticos irresponsáveis, sem se preocuparem com o futuro, ganham eleições esbanjando os impostos dos portugueses. Prometendo aquilo que já ninguém consegue pagar.

Fonte;Zita Paiva
Ver Mais ►

Sócrates tentou escapar à detenção

       ● 
Sócrates tentou escapar à prisão.
O ex-primeiro-ministro terá mesmo falado com o seu advogado, João Araújo, para combinar uma data no DCIAP para interrogatório. Sócrates estava disposto a apresentar-se à Justiça para evitar o cumprimento do mandado de detenção.

video
Ver Mais ►

Ser Poeta (Perdidamente) Trovante - Rock in Rio 2010

       ● 



Trovante - Ser Poeta (Perdidamente) Rock in Rio 2010

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhas de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!

Florbela Espanca
Ver Mais ►

Reformou-se este ano? Leia com muita ATENÇÃO

       ● 

ATENÇÃO: Se se aposentou este ano, leia com muita atenção esta mensagem do economista Eugénio Rosa, para fazer o cálculo da sua pensão da Segurança Social em 2014 e também em 2015 (até a Abril):

Exmo.(a) Sr.(a)

Só hoje, 17 de Dezembro de 2014, é que o governo publicou a portaria dos coeficientes de revalorização das remunerações anuais (Portaria 266/2014 de 17 de Dezembro) que são utilizadas no cálculo das pensões quer da Segurança Social quer da CGA em 2014. Isto significa que as pensões de todos trabalhadores que se reformaram ou aposentaram em 2014 foram calculadas com base em remunerações desactualizadas, por isso estes trabalhadores estão a receber pensões inferiores às que têm direito.A

E publicou a Portaria 266/2014 só depois da comissão de aposentados dos sindicatos da Frente Comum da Função, que acompanhei e apoiei, se ter reunido na Assembleia da República com todos os grupos parlamentares e também com o Provedor da Justiça protestando contra as malfeitorias que este governo tem feito aos aposentados e reformados, em que a não publicação da portaria, o que violava a lei, era mais uma.

Segundo o artº 4 da Portaria 266/2014 só agora publicada, embora entrando em vigor em 18.12.2014, ela "produz efeitos desde 1 de Janeiro de 2014". Isto significa que todos os trabalhadores que se aposentaram ou reformaram este ano têm o direito de pedir que a sua pensão seja recalculada e, consequentemente, aumentada. Faço uma apelo para todos aqueles que se aposentaram ou reformaram este ano que reclamem, conforme o caso, ou junto da CGA ou na Segurança Social o recalculo da sua pensão. A CGA e a Segurança Social são, por lei, obrigadas a fazê-lo. Mas é previsível, se os trabalhadores lesados não estiverem atentos, que aquelas entidades se "esqueçam" . Por isso peço a quem receber esta mensagem que se conhecer algum aposentado ou reformado em tal situação que o informe.

Com o objectivo de facilitar o cálculo da pensão Segurança Social em 2014 e também em 2015 (até a Abril) disponibilizei uma folha cálculo a que poderá aceder, no caso de estar interessado através do link seguinte ( se tiver dificuldades em aceder peço que informe para edr2@netcabo.pt que lhe será enviado o ficheiro):

LINK: :/Sites/eugeniorosa.com/Docume…/…/2014-PenSegSocial-17Dez2014xls.xls

Com consideração
Eugénio Rosa
Ver Mais ►

Ninguém proibiu Sócrates de falar - proibiu, sim, uma entrevista presencial

   18.12.14     ● 
O direito inalienável de falar
Como facilmente imaginam, eu dificilmente acreditarei algum dia numa palavra que saia da boca de José Sócrates. Mas não me passa pela cabeça impedi-lo de dizer o que quiser.

Na caixa de comentários ao meu texto de terça-feira, um leitor discordante deixou este desafio: “E já agora... qual é o comentário de JMT à proibição de entrevistas imposta a José Sócrates? Não o incomoda?” Como imaginam, sou incapaz de dizer “não” a um bom repto, sobretudo quando está em causa o meu tema favorito.

A resposta directa é: incomoda. Mas convém começar por fazer um esclarecimento prévio, porque o modo como a proibição foi transmitida à comunicação social pelo advogado João Araújo está muito longe de ser exacta. Disse ele: “Fica patente que a decisão de condenar o meu constituinte à prisão foi tomada não só para investigar, mas também para o calar.” Louve-se o efeito retórico, mas condene-se a falta de rigor. Ninguém proibiu Sócrates de falar – coisa que, aliás, ele já fez abundantemente na primeira semana, através da sua colorida correspondência do cárcere. Aquilo que o juiz Carlos Alexandre proibiu, sim, foi uma entrevista presencial – repito: presencial – a partir da cadeia de Évora. Que eu saiba, nada proíbe José Sócrates de dar entrevistas por escrito, enviar correspondência para as redacções ou falar ao telefone com um jornalista, como já falou há três semanas com o Expresso.

Feito o necessário esclarecimento, convém, ainda assim, distinguir dois planos. O primeiro tem que ver com a logística dos serviços prisionais e a necessária igualdade de tratamento dos presos. Se batesse à porta da prisão de Évora uma qualquer estação de televisão a querer falar com o ex-primeiro-ministro, não me pareceria razoável exigir aos serviços que reservassem uma sala simpática, acomodassem toda a equipa técnica e encontrassem um décordevidamente prisional para gravar uma entrevista supimpa. Neste plano, puramente logístico, a nega do juiz pode fazer sentido. Sócrates não deve ter privilégios que são negados a outros.

Mas no plano da liberdade de expressão, que é certamente o mais importante, não faz qualquer sentido que José Sócrates seja impedido de falar, ainda que preso. As ditaduras encarceram os corpos e calam as vozes. As democracias prendem pessoas mas não lhes roubam a voz ou o direito a queixarem-se. Uma pessoa razoável admite com certeza que Sócrates poderia perturbar o inquérito se não ficasse em prisão preventiva, mas dificilmente aceitará que aquilo que ele possa dizer numa entrevista feita a partir da prisão vá prejudicar a recolha de provas por parte da justiça. Esteja Sócrates em prisão preventiva ou já condenado e com sentença transitada em julgado, ele mantém o direito inalienável de falar. Se alguém que é acusado tem direito ao silêncio, também terá certamente o direito à fala.

***

Donde, se a entrevista ao Expresso fosse dada no intervalo de tempo destinado às visitas, e não envolvendo outra logística além de um simples gravador, percebo mal que ela tenha sido recusada pelo juiz Carlos Alexandre. Até porque com o desgraçado segredo de justiça que temos, impor o silêncio a José Sócrates dificulta a defesa do seu bom-nome no espaço público, que obviamente está posto em causa e é território de fervoroso debate. Não me parece que esse seja um direito que lhe possa ser retirado – aí, sim, seria atribuir um poder manifestamente excessivo aos guardas. Como facilmente imaginam, eu dificilmente acreditarei algum dia numa palavra que saia da boca de José Sócrates. Mas não me passa pela cabeça impedi-lo de dizer o que quiser.
JOÃO MIGUEL TAVARES 18/12/2014 PUBLICO
Ver Mais ►

"João Perna não tem razões para se arrepender de ter sido motorista de Sócrates"

       ● 
"Perna está disposto a esclarecer mal-entendido"
O ex-motorista de José Sócrates foi ouvido no DCIAP, esta quinta-feira, durante cerca de cinco horas. CMTV

video
Ver Mais ►

Voando sobre a Praia do Moledo e Forte da Ínsua - Caminha

       ● 
Video de Helder Afonso

Caminha é uma vila portuguesa no Distrito de Viana do Castelo, região Norte e sub-região do Minho-Lima. Embarque nesta aventura.
Ver Mais ►

Milhares de milhões de euros não terão chegado a Angola!?

       ● 
video

Parte do financiamento ao BESA não terá chegado sequer a Angola
De acordo com o que a SIC conseguiu apurar, são milhares de milhões de euros que teriam outros destinatários e que passavam através de contas offshore. É uma informação que vai marcar seguramente a audição de Álvaro Sobrinho, antigo presidente do BESA, ouvido na comissão parlamentar de inquérito hoje à tarde.
Ver Mais ►

Maravilhas de Portugal - Sesimbra

   17.12.14     ● 

Sesimbra é uma Vila portuguesa pertencente ao Distrito de Setúbal, região da Estremadura e sub-região da Península de Setúbal, com cerca de 23 800 habitantes (2011).

Existem vestígios da presença humana em Sesimbra desde o período do calcolítico (3000 a.C.).
Na Idade do Ferro (VIII-II) foi habitada pelos cempsos que estão na origem do nome da vila1 .

Em 15 de Agosto de 1201 foi concedido aos habitantes de Sesimbra a Carta de Foral, documento régio que aplica os direitos e deveres.

Foi no reinado de D. Dinis, sexto rei de Portugal, que se criou a Póvoa de Ribeira de Sesimbra, pequena aldeia de pescadores, junto ao mar.

A aldeia cresceu muito e tornou-se vila à época dos Descobrimentos. Sesimbra passou a ser um importante porto de construção naval e de abastecimentos de embarcações. No dia 4 de Maio, feriado municipal, realizam-se as festas em Honra do Nosso Senhor Jesus das Chagas. Esta data tem uma história (ou lenda) muito interessante que se conta a seguir;

"No ano de 1534 a esposa de Henrique VIII, Rainha de Inglaterra, deu ordem para serem deitadas ao mar todas as imagens sagradas, devido às lutas religiosas tidas. Julga-se que terá sido este o início da lenda e da crença no Senhor Jesus das Chagas. Mas o mar tem das suas e, a imagem de Jesus crucificado, apareceu na praia de Sesimbra".

O povo desde logo apadrinhou O Senhor Jesus das Chagas, como padroeiro dos pescadores e do povo de Sesimbra. Esta devoção está bem viva há mais de 500 anos, e os sesimbrenses prestam assim homenagem ao seu protector todos os anos a 4 de Maio.

Mas quem melhor nos conta a história de Sesimbra, é o Insigne Prof. José Hermano Saraiva.

Ver Mais ►